terça-feira, 20 de abril de 2010

Vai lá agora mesmo!


ADRIANO BARROSO
É ator, autor e diretor de teatro; documentarista e roteirista. entre os espetáculos teatrais mais importante estão: Hamlet, de Shakespeare, 1992; A Vida é Sonho, de Calderón de La Barca; Odeio Drummond, de sua autoria; Hamlet Machine, de Heiner Müller ; O Tartufo, de Molière, Quarta-feira sem Falta, Lá em Casa, dirigiu espetáculos como Macbeth, A comédia dos erros (Shakespeare); o auto da índia (Gil Vicente); ele não sabe que seu dia é hoje, a farsa boi e o desejo de catirina (de sua autori); no cinema participou de 8 filmes como ator, entre curtas e longas metragens (prêmio de melhor ator pelo vídeo Matinta Perera); dirigiu o documentário: Chupa-chupa, a história que veio do céu, em 2007. roteirizou os curtas-metragens de animação: A Onda, Festa na pororoca; Visagem e Admirimiriti. Publicou: A Farda do boi e Cafundó e Bonitão. Mas vem mais publicações por aí.

8 comentários:

ADRIANO BARROSO disse...

Só você mesmo Boscão. Um lorde desse universo frígido da internet dando moral a um reles aprendiz.
adoro

J.BOSCO disse...

aprendiz...rsss??? você é um professor, meu amigo Barroso.
quem te conhece sabe muito bem...
Um g~enio da literatura!!!
abs

Waldez disse...

o barrote é demais!

Waldez disse...

doutores, domingo todos na muqueca do aniversário do andré abreu. todos lá.

J.BOSCO disse...

mestre Waldez, o nosso Barrote está de volta com todo gás butano...rss
abraços

Felipe disse...

falando em bom apetite, meu nobre amigo, aquele creme de camarão rosa dos 20 anos da geóloga allana estava uma delícia, sedimentou-se no fundo do meu estômago faminto. estava "de rocha"!

Waldez disse...

parabéns alana, pelo niver, a torta de camarão rosa estava uma delícia.

J.BOSCO disse...

Os pais coruja da geóloga Allana Queiroz de Azevedo agradece...rss
abração